Macaé – De princesinha do Atlântico à capital do petróleo

Foto: Raul SIlvestre

Foto: Raul SIlvestre

Macaé celebra no dia 29 o aniversário de 201 anos de fundação da Vila de São João de Macaé, em 1813. O município, estabelecido apenas em 25 de janeiro de 1814, estava longe de ser a atual “Capital Nacional do Petróleo”, mas já tinha uma característica que permanece até os dias de hoje: a sedução de migrantes e imigrantes para o trabalho e prosperidade.

Segundo a história, com a expulsão dos jesuítas, em 1795, por ordem do Marquês de Pombal, a localidade recebeu novos imigrantes vindos de Cabo Frio e de Campos para ocupar as terras já apaziguadas. O povoado progrediu, surgiram novas fazendas e engenhos.

Banhada pelo Oceano Atlântico, Macaé acabou sendo batizada carinhosamente como a “Princesinha do Atlântico”. O município tem uma área total de 1.216 quilômetros quadrados, correspondentes a 12,5% da área da Região Norte Fluminense. A cidade está dividida em seis distritos – Sede, Cachoeiros de Macaé, Córrego do Ouro, Glicério, Frade e Sana.
leia mais

Bell Blue – O único salão de beleza da região especializado em cabelos afro

DSC06389
Entrevista com Carol Coelho, empresária no ramo de beleza com 25 anos de experiência como química capilar, com carreira consolidada no Rio de Janeiro e dona da franquia Bell Blue Cabo Frio.

Com carreira consolidada no RJ, o que te fez investir no mercado da beleza na Região dos Lagos?
Bom, como profissional em química capilar, já me sentia realizada e buscava algo novo para que pudesse entrar de cabeça e me redescobrir! Foi então que surgiu o convite do meu sogro para montar um salão em Cabo Frio. Depois de um estudo, identificamos a carência e necessidade de um salão voltado para o cabelo crespo e volumoso, então fomos buscar uma franquia consolidada e de alta qualidade para oferecer um serviço diferenciado aos futuros clientes.

Qual o diferencial do seu salão Bell Blue?
Ah! Primeiramente não abrimos mão do atendimento altamente qualificado e com muito amor, nosso objetivo maior é fazer com que cada cliente se sinta especial, então não pensei duas vezes em investir. Oferecemos as nossas clientes desde um café expresso com biscoitinho à chás e capuccinos, também temos área para fumantes, internet wi-fi, ambiente climatizado entre outros mimos.
leia mais

Parei a obra! – Atriz Alexia Deschamps paralisa as obras de demolição em Búzios

“Ninguém mexe mais aqui até que o proprietário da obra que causou essa demolição se responsabilize”

DSC07074

(Texto e fotos de Victor Viana)

A atriz Alexia Deschamps, junto com outros proprietários de casas demolidas essa semana em Búzios, acabaram de parar as obras de demolição e só sairão do local quando o proprietário do Condomínio Vale das Emas – acusado de ser o responsável pelo que ocasionou a condenação das casas pela defesa civil – procura-los para que se discuta o que será feito em relação ao caso daqui em diante.

Neste sábado (26) foram suspensas as obras  no terreno onde desde terça-feira (22) estão sendo demolidos os imóveis condenados pela Defesa Civil no dia 13 .

Além da Atriz Alexia Deschamps estão outros dois proprietários de imóveis que foram demolidos, o Sr. Jorge Tenório de Oliveira (Jorginho) e a Sra. Giracene Quintanilha (Cene), todos responsabilizam o proprietário do  Condomínio Vale das Emas, Sr. Ivaldo Fonte Barbosa, acima dos imóveis demolidos,  pelo prejuízo.
leia mais

21ª edição do Salão de Arte

image001Durante a 21ª edição do Salão de Arte, um dos eventos de arte mais tradicionais do país, com antiquários, designers de joias, galerias de arte e artistas plásticos independentes, galerias do Rio de Janeiro expõem obras de novos e consagrados artistas. O evento, que acontece em São Paulo, recebe entre as galerias contemporâneas a Graphos Galeria, que pela primeira vez expõe obras de seus artistas na cidade. Um dos artistas é Rafael Uzai, com a obra “Felicidade”, produzida para o projeto Deu na Telha, com curadoria de Ricardo Duarte, que em março deste ano, junto a obras de outros artistas, estampou grandes lonas que cobriram os telhados de casas do Morro do Alemão e podiam ser vistas durante o trajeto que faz o teleférico local.

Na obra Manhã de Natal, criada pela artista plástica Sani Guerra, representada pela galeria Graphos Brasil, memórias de família são detalhadas em uma pintura rica em detalhes, que faz parte de uma série de obras iniciada neste ano. Sani acaba de vencer o concurso Garimpo, promovido pela revista Das Artes. Ao lado de artistas brasileiros do Rio de Janeiro, é possível experienciar o trabalho de renomados artistas internacionais, entre eles, Victor Vasarely, Carlos Cruz-Diez, Julio Le Parc, Dario Perez-Flores, com obras presentes em acervos de grandes instituições e em importantes coleções privadas, apresentadas pela galeria carioca Espaço Eliana Benchimol.

Teve Copa, vai ter Olimpíadas?

NT-20-05-2014-guanabara001O prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, afirmou no mês passado que não será possível limpar a Baía de Guanabara até 2016, quando o local receberá as competições de vela durante as Olimpíadas. O Brasil havia assumido o compromisso de reduzir a poluição da baía em 80% até o evento.

De acordo com a agência de notícias Associated Press, Paes lamentou a oportunidade perdida, mas disse que a poluição não representa um risco para a saúde dos atletas. Segundo ele, as provas ocorrerão em partes menos poluídas da Guanabara.

Questionado se o governo seria moralmente ou legalmente responsável caso atletas ficassem doentes, ele respondeu: “Claro, eu acho que é nossa responsabilidade.”
leia mais

A Garota dos Ossos

Foi inaugurada mais uma estátua da artista Christina Motta em Búzios

DSC07002Christina Motta é a mãe de diversas estatuas espalhadas pela cidade de Búzios, e parece que  nunca é demais. No último sábado (19) foi inaugurado em frente ao Antiquário dos Ossos, na Rua Cassiano Rodrigues 45, Praça dos Ossos  mais uma estátua de Christina Motta. A nova obra agora é uma moça chamada de Dalva.

“Tem esse nome porque um amigo que me viu fazendo a estátua a achou parecida com uma amiga que tinha esse nome. Agora ela se chama Dalva”, disse a simpática escultora  durante o coquetel de inauguração da obra.

Mas o nome oficial da estátua é “A Garota dos Ossos”, em tamanho natural, ela  está trajando um short, bustier e chapéu aos estilo anos 50,  parecendo observar a vitrine do antiquário.
leia mais

FINAL DA COPA EM COPA

Por Luciano Moojen Chaves

100_2698Verdadeiro mar de turistas. Gente do mundo todo. Alegria total. A melhor Copa do Mundo de todos os tempos foi no Brasil. Ganhamos em hospitalidade, brasilidade e, principalmente, na culinária. Noventa por cento dos gringos entrevistados afirmaram que adoraram nosso lugar e que querem voltar.

Fui ver o primeiro tempo de Argentina e Alemanha no Restaurante Atlantis, na beira da piscina do luxuoso Hotel Sofitel, antigo Rio Palace, no Posto VI. Fiquei indignado! A FIFA colocou um monstrengo de três andares em cima da Av. Atlântica, tomando o calçadão, a areia… E a maravilhosa vista do hotel. O tal de “Centro Mundial de Imprensa”. Que alugassem andar em hotel. Que não bagunçassem nosso cartão postal. Passei de carro embaixo desta “coisa”. O motorista lembrou…: “Se Brizola estivesse vivo não permitiria esta merda em nossa Princesinha do Mar”.

leia mais

MARATONA DO RIO DIVULGA KIT DA PROVA DE 2014

Material conta com cadarço ajustável e camisas com manga. Entrega acontece nos dias 24, 25 e 26 de julho, no Centro de Convenções Sul América, no Rio de Janeiro

unnamed (1)

A organização da Maratona Caixa da Cidade do Rio de Janeiro divulgou nesta sexta (18) o kit dos atletas que participarão da 11ª edição do evento, que acontece no dia 27 de julho e contará com 24 mil corredores. A grande novidade para este ano é a inclusão de cadarços elásticos. A ideia é proporcionar mais conforto e rapidez aos atletas, uma vez que o cadarço elástico é preso com um clipe especial que se ajusta ao tênis sem apertar podendo ser calçado sem precisar amarrar e desamarrar. As camisetas também virão diferentes: ganharam mangas e serão bicolores.
leia mais

Mas que falta de educação!

As aulas deveriam ter começado em todas as unidades escolares da rede pública de Búzios, mas três escolas ainda estão sem aulas. O motivo? Obras inacabadas põem em risco crianças e adolescentes. Pais estão preocupados e não aceitam que haja apenas atividades recreativas, querem aula já!

unnamed (3)

Na segunda-feira (14)  pais e alunos se reuniram  com  o secretário adjunto de educação, Rafael Fontenelle -ex secretário de ciência e tecnologia- , o engenheiro – que se autodenominou efetivo da prefeitura – Jeferson, e o empreiteiro responsável pelas obras que estão atrasando o retorno as aulas de centenas de crianças e adolescentes.