A vila dos velhos velhíssimos

In Especial Minamata, Japão, Mundo, Turismo por Eva LartigueDeixe um comentário

DSC00927
Ainda aqui na ilha de Okinawa existe a Vila de Ogimison, onde vive o maior de numero de pessoas centenárias do mundo, 33 em cada 100 habitantes tem mais de 100 anos de idade. Os moradores da vila se alimentam de produtos que eles próprios cultivam, entre os alimentos mais consumido está a batata. Não existe dinheiro e nem vontade de telo. Tudo mundo trabalha somente para viver, demonstram serem muito felizes.

Na vila de Ogimison não costumam ter TV porque, segundo os simpáticos anciões, essa somente fala mentiras. Todos gostam muito de fazerem artesanato com uma folha semelhante a de bananeira, o Basyou. Ha muitos anos, fazem tecidos, chapéus, e o fazem por prazer, não por dinheiro. Conversamos com várias pessoas, ajudados por Mateus, um japonês que morou por nove anos em São Paulo. Foi ele que nos incentivou a termos muito cuidado em nosso contato com os moradores para não perturbar o espírito de tranquilidade e paz da comunidade. Nos fez obsevar que as pessoas parecem mais jovens que realmente são, em especial as mulheres que na maioria estão na faixa dos 90 anos.

Em comparação com o ocidente, esta população da ilha tem 80% menos doenças cardíacas; 50% menos cancros dos ovários, mama, útero e próstata; 40% menos fraturas do fêmur; níveis de stress super-reduzidos; e ver alguém com excesso de peso é muito raro, uma vez que o índice de massa corporal destes japoneses ronda os 18-22 (o limite máximo normal situa-se nos 25).

O segredo da longevidade

Parte do segredo da longevidade dos moradores da Vila de Ogimison. está em sua alimentação. Se não estão com fome, não comem. Param de comer quando estão saciados, não comem até ficarem “cheios” Nunca repetem porções durante as refeições.

Os alimentos que são consumidos aqui são pobres em calorias, mas ricos em minerais e vitaminas. Ingerem sete porções de fruta e legumes, leguminosas, cereais integrais e soja diariamente (sempre nas refeições principais). Bebem muita água e chá verde. Raro consumirem bebidas alcoólicas. Pouco sal e açúcar, tem uma dieta baseada em peixes e algas marinhas.

Mas além da alimentação há uma clima de interação total com o meio ambiente em seu sentido mais amplo, um respeito a vida em comunidade em seus níveis mais profundos.

Deixe um Comentário