Agentes de viagens de todo o mundo em Pernambuco

In BNTM 2014, Brasil, Búzios, Turismo por Eva LartigueDeixe um comentário

CarecaPor Victor Viana

Umas das razões pela qual Búzios desde sua emancipação procura estar representada nas feiras de turismo é pela oportunidade de tratar diretamente com os agentes de viagens na divulgação do destino. Na BTNM, em Pernambuco, esse foi um dos pontos fortes da feira. Realmente havia uma busca por fechamento de negócios, onde os agentes brasileiros e estrangeiros estavam ávidos pela descoberta de novos destinos para mostrar aos seus clientes. Ainda bem que Búzios não ficou de fora.

No Brasil

Conversamos com Cláudio Maia, agente de viagens da Ilha de Itaparica, que trabalha vendendo os hotéis do Brasil inteiro para o público de 18 países. Cláudio considera que a BNTM é a melhor feira do Brasil, com a melhor possibilidade de investimento.

“Represento a minha empresa, a Itaparica Turismo, mais de 33 anos de existência e vende em mais de 18 países. Recomendo a BNTM aos hoteleiros. É uma feira maravilhosa”, disse Cláudio que ainda contou que os países que mais compram pacotes para o Brasil são a Inglaterra, seguido por Portugal, Itália, França, Estados Unidos, Canadá, Colômbia, Chile, Argentina e Uruguai.

O agente ainda conta que a Argentina continua comprando, não com tanto volume, mas ainda é significativa a sua participação no mercado turístico. No entanto, segundo ele, hoje em dia o principal mercado é a Inglaterra.

“Vendo muito para Búzios também, os ingleses gostam muito do Alto do Humaitá e os argentinos gostam da praia de João Fernandes”, afirmou.

E no mundo

Yolanda K, que é polonesa, trabalha há oito anos no setor turístico como agente de viagens e irá passar seis meses no Brasil para aperfeiçoar o português e descobrir novos lugares no país para trazer seus conterrâneos.

“O Brasil é muito exótico para nós, e agora temos mais possibilidades de viajar, por conta da economia, faz 25 anos que temos possibilidades de viajar, antes com o país comunista a gente não podia viajar para tão longe. Só uma pena que a Polônia tão tenha se classificado para a Copa do Mundo, então ficamos com uma temporada baixa para o Brasil, mas no outono, acho que vai subir de novo”.

Perguntada sobre Búzios, disse que conhece a cidade, “gostei muito de lá, nunca havia visto tantas praias distintas numa cidade tão pequena”, comentou e completou dizendo que pretende encontrar empresas competitivas para receber o público de seu país que pretende trazer para nossa cidade.

Deixe um Comentário