crianca-1024x768[1]

Cratera das incertezas

In Noticias por Eva LartigueDeixe um comentário

Pedro Duarte Barros

A Pista de Skate de Búzios está perto de ganhar mais um espaço de lazer. Skatistas e moradores apresentam dúvidas sobre a ampliação que já além do prazo vencido, está dando um nó no trânsito.

Segundo o plano original, desenhado pela Secretaria de Planejamento e executado pela Secretaria de Obras Públicas, o “double bowl” (bacia dupla) de Geribá, local onde gerações de skatistas desenvolveram seu talento, agora será mais que um ponto turístico, trará opções de lazer para visitantes, com áreas verdes e pavimentação e anfiteatro.

A obra iniciada no dia 22/09 do ano passado, no valor de quase 600 mil reais – verba disponibilizada em parceria entre os governos federal e municipal, teve o prazo inicial de 90 dias e até agora não está terminada. Enquanto isso, o que só cresce é a preocupação dos moradores das ruas Estrada da Colina e Maria Rodrigues Letina, que estão indignados com a demora e apresentam críticas ao projeto.

Há mais de vinte anos que Sr. Carlos é morador e sócio na pousada e restaurante ‘Weekend’; o proprietário aponta diferentes aspectos que deveriam ser revistos, entre eles um possível caos no trânsito:

“Achei que ficou horroroso: de uma reta se fez uma curva, afunilando o trânsito e acabando com o estacionamento de veículos. Ali é uma parte da Via Alternativa além de uma facilidade de se atingir o trevo da Barbuda. Não acho que seja uma obra para melhoria do trânsito” – defende o comerciante.

De acordo com Alexandre “Sabá”, presidente da Associação de Skatistas de Búzios (ASKB), o Executivo dispensou um debate público e até agora pouco fez para terminar a intervenção, além de reclamar também do atraso. Ele alega que o canteiro de obras anda “pouco frequentado”, mas ainda assim anseia bons resultados:   

“Essa obra vem se arrastando. Às vezes ficam dias sem ter ninguém trabalhando e não nos procuraram (ASKB) para nada. Tentamos fazer uma aliança com o prefeito, tiramos fotos com ele, tudo muito lindo. Mas ele nunca nos procurou para saber se a obra ia sequer favorecer os skatistas”.

Mesmo discordando do novo sistema viário – que “seria mais uma volta ao modelo anterior, que trava o trânsito daquela zona”, o líder dos skaitistas em Búzios tem a convicção de que a ampliação da praça trará alguns benefícios. “Acho positivo o ponto do anfiteatro, que vai possibilitar a vinda de artistas e também será o palco de shows e outras atividades durante encontros e campeonatos que a ASKB organiza”.

Secretaria de Planejamento diz que obra é demanda da comunidade

O Perú, na impossibilidade de falar pessoalmente com a secretária de Planejamento, Alice Passeri, enviou umas perguntinhas com os questionamentos da população. Vejam abaixo a resposta.

Quem pensou esse projeto de urbanização? Que Governos estão envolvidos? Qual é o nome da Praça?

O projeto foi idealizado e desenvolvido pela equipe de arquitetos e urbanistas da Secretaria Municipal de Planejamento a partir de uma demanda dos moradores do local, para um espaço de lazer que contemplasse além dos skatistas, outros cidadãos, principalmente crianças e idosos. O recurso vem do Governo Federal, através de emenda parlamentar do Deputado Federal Adrian Mussi, captada pelo prefeito. A emenda é de R$ 585.000,00 e tem uma contrapartida municipal de R$ 12.000,00. Ainda não foi decidido o nome da praça.

Moradores reclamam do trânsito, que está sem ponto de visibilidade nas curvas (são três) e ficaram com o número reduzido de vagas. Como resolver isto, principalmente na alta temporada?

O trajeto que conecta os bairros de Geribá e Ferradura não foi extinto, o que aconteceu foi um reordenamento das vias. Anteriormente a via passava em frente à pista de skate e dividia o espaço público em dois, com risco para todo mundo. A proposta de unir as duas áreas públicas e a via contornar a praça visa justamente ter tráfego de veículos mais lento e promover maior segurança para os usuários. Essa proposta vai retirar parte do transito em frente à Escola Municipal Antonio Alípio já que a Rua Viera Câmara pode ser alcançada sem passar em frente à escola. Em relação à visibilidade, vale ressaltar que a obra ainda não está concluída e a área está fechada com tapumes. A retirada dos tapumes no final da obra normalizará a visibilidade na curva, e as travessias de pedestres elevadas que serão construídas, reduzirão a velocidade de tráfego na via, minimizando o risco de acidentes. As antigas “vagas” utilizadas pela Pousada Weekend estavam localizadas em área pública, área esta que com a conclusão da obra pertencerá de novo à população.

Como o projeto pode impulsionar o comércio e o lazer no local? Haverá arborização e iluminação?

A criação de equipamentos públicos de lazer promove a socialização e é notoriamente um fator de valorização das localidades onde estão inseridos, e a revitalização da antiga pista de skate trará de volta o público ligado ao esporte além do público em geral, promovendo a área. Arborização e paisagismo estão previstos no projeto.

Moradores do bairro e a ASKB relatam que não foram consultados antes da execução do plano. Porquê?

O projeto previa inicialmente apenas a criação de uma praça complementar, com infraestrutura para atender à escola, aos moradores e visitantes, com áreas e equipamentos de lazer. A partir da decisão do Prefeito André Granado em revitalizar também os equipamentos de skate existentes os senhores Leonardo Machado e Sabá foram consultados sobre as necessidades de melhorias nos equipamentos para adequá-los á prática do esporte. Os skatistas realizaram diversas reuniões com os arquitetos, sugerindo e orientando a equipe para o desenho final dos equipamentos, assim como para outros espaços públicos de skate como no INEFI da Rasa.

Como justificar o atraso de 5 meses?  Qual é o novo prazo para entrega?

Conforme mencionado anteriormente o recurso vem do Governo Federal que atrasou os repasses. O restante da verba não está sendo repassada conforme a previsão do cronograma inicial. O novo prazo de entrega será  no inicio de setembro.

Um ponto positivo observado por nossa reportagem foi a criação de um anfiteatro e canteiros com plantas. Como o espaço será utilizado e valorizado?

A proposta é disponibilizar o espaço com bancos, pérgulas sombreadas e muretas de salvaguardas para uso da população em geral, principalmente as crianças, contemplando uma área para eventos culturais extraclasse da escola Antonio Alípio, alem da área dos skatistas reformulada de acordo com as demandas deles.

Deixe um Comentário