Minc e Muniz foram a praia

In Búzios, Polícia, Turismo por Eva LartigueDeixe um comentário

P1110598O secretário estadual de Meio Ambiente, Carlos Minc, esteve em Búzios na última terça-feira (21) participando de uma ação da prefeitura, em cumprimento de um Tac -Termo de Ajustamento de Conduta- do Ministério Público Federal que contou com o apoio da Cicca (Coordenadoria Integrada de Combate aos Crimes Ambientais; órgão da Secretaria de Estado do Ambiente) e do Instituto Estadual do Ambiente (Inea). Foram retiradas plantas exóticas e destruídas pequenas construções na orla da Praia de Geribá.

A primeira ação aconteceu no canto esquerdo da praia, onde uma construção do Condomínio Amarras, obstruía a passagem de águas pluviais. As plantas retiradas foram as iúcas,”são plantas exóticas que estamos arrancando e que muitas vezes são usadas para a proteção das casas, uma espécie de arame farpado natural. Só que não é vegetação de restinga, não atrai pássaros e nem protege o lagartinho branco da areia”, explicou Minc ao Perú.

Além de Minc, participou da operação o vice-prefeito de Búzios, Carlos Muniz, “a Praia de Geribá merece esse tratamento e esse cuidado. O Tac nos dá respaldo e ele é justo, a praia precisa mesmo de um reordenamento”, disse o vice-prefeito que completou: “ O replantio das espécies nativas será no mês de março, por causa das chuvas que ajudarão naturalmente na recomposição da vegetação da praia. Vamos também refazer a vegetação das servidões. Sobre as construções irregulares iremos retirar tudo que está fora do lugar, não temos o direito de construir dentro das casas e condomínios e eles não podem construir dentro da praia, é simples. Geribá é nossa sala de visitas. Pedimos que as pessoas denunciem onde há irregularidades para que possamos atuar com fiscalização e até ações como essas que estamos realizando aqui hoje”.

Minc e Muniz aproveitaram a blitz ecológica para anunciar o início das obras de esgotamento e de tratamento de esgoto da região do entorno da Lagoa de Geribá, que, segundo o secretário de estado, será crucial para a recuperação ambiental desse ecossistema. Também foi anunciado a elaboração de projeto de construção de um sistema de drenagem em todo o município, que evitará enchentes como a que se abateu sobre Búzios no ano passado. As obras estão previstas para começar após o carnaval quando a cidade estará com um número menor de pessoas.

O TAC impede a prefeitura de dar novas licenças para quiosques e ambulantes. O município também é responsável direto pela proibição do tráfego de veículos em áreas protegidas, sobretudo onde houver vegetação de restinga. Em outras operações, 14 quiosques irregulares foram retirados da Praia da Tartaruga e quatro da Ferradurinha.

Deixe um Comentário