“Urbanização com charme de aldeia”

In Búzios, Noticia_pequeno, Noticia_secundario por Eva LartigueDeixe um comentário

Thomas Weber, proprietário da Pousada Byblos, presidente do Sindicato de “Hotéis Restaurante, Bares e Similares”, diretor da “Associação de Hotéis” e vice-presidente do “Convention & Visitors Bureau (BCVB)” fala ao Perú com otimismo sobre a nova fase pela qual está passando a cidade, “Búzios está mudando bastante também, com o foco na urbanização e mantendo o charme de aldeia com a presença de serviços urbanos de qualidade. Temos um grande foco na gastronomia e nossas praias estão muito bem preservadas. Melhorando a cada ano”, disse e lembrou da importância da ABAV : “Búzios vem fazendo parte da ABAV desde a década 80. A partir da emancipação passou a ter stands próprios, sempre em parceria com a Secretaria de Turismo, a Associação de Hotéis, e recentemente também com o BCVB. Começamos com stands pequenos e fomos aumentando nossa presença na feira deixando claro a importância que Búzios dá ao mercado nacional e ao agente de viagem”.

 

Perguntado sobre o crescimento em importância do turismo nacional Tomas é otimista e considera: “Tem aumentado a quantidade de brasileiros que vem a Búzios e acredito que conseguimos desmitificar a ideia de que aqui é tudo caro, que só vem estrangeiros e tudo é em dólar”. Tomas explica que na ABAV a grande maioria do público é de São Paulo mas também participam agentes de nosso principal público de Minas e o Espírito Santo, além do Rio de Janeiro que é o mercado nacional que mais traz turistas a Búzios. Voltando ao assunto da fama de cara que envolve Búzios diz: “Há muitas novidades em relação a hospedagem em Búzios, que é muito diversificada, atendendo todos os gostos e bolsos. Há diárias em Búzios desde R$50,00 até cerca de R$ 980,00”.

 

Búzios obterá, a partir de Outubro, a categorização de 40 restaurantes que receberão um certificado do Ministério da Saúde em relação a procedência, qualidade e preparo dos alimentos. Dessa categorização em relação aos hotéis, que seria emitida pelo Ministério do Turismo, Tomas conta que temos boa quantidade de hotéis que se enquadrarão nessa nova categorização, que mesmo enxergando alguns equívocos no gabarito a ser preenchido pelas pousadas e hotéis, considera bom e pondera os pontos positivos conquistados não somente para a cidade mas para a região em geral.” Há voos vindos direto de Campinas e Belo Horizonte em direção a Cabo Frio. Há uma parceria entre Búzios, Cabo Frio, São Pedro da Aldeia e Arraial do Cabo para conseguirmos com as empresas aéreas o aumento no número de voos e também, além de destacar que o acesso rodoviário melhorou bastante nos últimos anos com a privatização das estradas”. Finalizamos perguntando sobre o tempo mínimo que se considera importante para que agentes de turismo possam ficar em Búzios para conhecer bem o que a cidade oferece: “O certo seria vir e ficar uns quatro dias e visitar ao menos 15 de nossas 24 praias em passeios de barco, fazer um tour pela região; passeio a Arraial do Cabo, Cabo Frio, tour gastronômico, visita a Rua das Pedras, Turíbio de Farias, Orla Bardot e Porto da Barra”.

Deixe um Comentário